51º Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicinal Laboratorial 

Medicina laboratorial e segurança do paciente

Conferência magna de Paul Epner

Paul Epner

A Conferência Magna desta quinta, 28, no 51º CBPC/ML, discutiu a importância da medicina laboratorial na segurança do paciente. A palestra foi apresentada por Paul Epner, vice-presidente executivo da Society to Improve Diagnosis in Medicine (EUA) e foi coordenada por de Wilson Shcolnik, diretor de Acreditação e Qualidade da SBPC/ML.

Paul Epner destacou que os laboratórios vivem um momento de conflito e o futuro aponta muitos desafios. Um destes é fazer com o problema seja visto e entendido por todos, e não apenas pelos patologistas clínicos. A crença é que os cortes de custos não causam falta de segurança à saúde dos pacientes e que o tempo da entrega de exames laboratoriais é suficiente.

Segundo ele, há muita pressão para mudar, cortar gastos, diminuir o volume de exames e fornecer mais valor, porém com menos dinheiro. Para Epner, reduzir o quantitativo de exames laboratoriais nem sempre é positivo para os pacientes.

O palestrante apresentou um estudo elaborado a partir da informação transmitida aos médicos sobre os valores dos exames laboratoriais. Na pesquisa foi constatado a diminuição dos pedidos dos exames e, consequentemente, a redução dos custos. Porém, Paul Epner destacou que alguns fatores importantes não foram avaliados neste estudo, como o tempo de internação de um paciente, que pode aumentar a partir desta redução de custos nos exames.

Veja fotos do 51º CBPC/ML no Flickr: flickr.com/sbpcml.

Data de publicação: 28/09/2017 - Autor(es): Patricia Bernardo - Fotografia: Celso Pupo

Tempo de execução: 0.02845